A realidade do aborto no Brasil

A proibição e a criminalização do aborto não ajudam a preveni-lo. Pelo contrário, as mulheres continuam realizando aborto em condições inadequadas e sem acompanhamento médico. Hoje, o Sistema Único de Saúde (SUS) atende, em média, 250 mil mulheres por ano em decorrência de abortos mal feitos, com infecções e hemorragia. (fonte: Clam)

Estima-se que são realizados cerca de 1 milhão de abortos no Brasil. Em nosso país essa já é a 4ª causa de morte materna. É mentira que a legalização do aborto aumentará o número de abortos realizados. Em países onde o aborto é permitido, como os Estados Unidos, Holanda e Turquia o número de abortos realizados é proporcionalmente menor ao do Brasil. Com a legalização, o número de abortos praticados tende a diminuir, porque defendemos também a educação sexual nas escolas para meninos e meninas, informação sobre saúde sexual e reprodutiva para toda a população, além do acesso gratuito aos métodos anticoncepcionais.

É assim que o Estado vai garantir para todas as mulheres – e não só para as não só para as que têm dinheiro – o direito de decidir sobre o seu destino. O governo brasileiro tem a obrigação de criar mecanismos para reduzir as mortes e seqüelas para a saúde das mulheres que fazem aborto em condições inseguras.  Também tem a responsabilidade de legalizar o aborto, para cumprir com as resoluções da I Conferência Nacional de Políticas Públicas para as Mulheres de 2004.

Hoje existe na Câmara dos Deputados um Projeto de Lei propondo a legalização do aborto até a 12ª semana de gravidez. Projetos como esse precisam de nosso apoio para s aprovados!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s