ABORTO, TORTURA E VIOLÊNCIA SEXUAL NA DITADURA MILITAR

1525976675_975787_1525980435_noticia_normal
Arquivo Nacional/Correio da Manhã

A vida das mulheres também esteve em risco durante o governo militar. Não só com registros de mortes, mas do papel que seus corpos tiveram na promoção da violência de Estado.

A instrumentalização da violência sexual como forma de tortura, a violência na presença de filhos pequenos e ainda o aborto forçado e o espancamento de mulheres grávidas por agentes do Estado.

Não é possível seguir em frente, sem conhecer a história de vida das mulheres e crianças a partir de 1964.

#TorturaNuncaMais #DitaduraNuncaMais

 

Informe-se sobre os crimes cometidos contra mulheres e crianças, durante a ditadura:
Relatório da Comissão Nacional da Verdade
Violência sexual ultrapassou “todos os limites de dignidade humana”
“A ditadura não acabou”
Livro reúne histórias de crianças presas, torturadas ou exiladas durante a ditadura no Brasil
O estupro era uma das ferramentas de tortura na ditadura
7 história chocantes de mulheres que foram torturadas na ditadura

Anúncios